... Você pode me ver do jeito que quiser, eu não vou fazer esforço pra te contrariar, de tantas mil maneiras que eu posso ser, estou certa que uma delas vai te agradar...

Total de visualizações de página

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

FÁCIL COMO O CIGARRO, É SÓ NÃO POR NA BOCA...



Alguns amores são como a vontade de fumar.
Sabe aquele desejo desesperador que os fumantes têm de acender um cigarro quando estão felizes, tristes, eufóricos, deprimidos, cansados, entusiasmados ou qualquer outra coisa do gênero?
Assim, como no amor, tudo vira motivo para querer aquilo ou aquele ser amado por perto. Tudo é desculpa para dizer que aquilo é extremamente necessário e indispensável.
É estranho pensar que na verdade, o amor em si não deixa de ser uma droga.
Uma droga lícita, porém, assim como o álcool e o cigarro, vicia quem experimenta.
Há aqueles que se dizem imunes a isso. Espalham por aí que dão seus “tequinhos” mas são fortes o bastante para não se deixarem levar.
Será?
Até mesmo garotas certinhas e isentas da vontade que as pessoas têm de provar a adrenalina de se embebedar, fumar ou ficar “doidão” acabam, mais cedo ou mais tarde provando esta droga chamada amor.
 
Um antigo amor me disse uma vez: Parar de fumar é facil, é só não por na boca...Será que foi assim que ele foi embora???

Nenhum comentário:

Postar um comentário