... Você pode me ver do jeito que quiser, eu não vou fazer esforço pra te contrariar, de tantas mil maneiras que eu posso ser, estou certa que uma delas vai te agradar...

Total de visualizações de página

quarta-feira, 6 de outubro de 2010




Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso, e me irrito de forma inexplicável quando não botam fé nas minhas palavras.
Nem sempre coloco em prática aquilo que eu julgo certo.

São poucas as pessoas pra quem eu me explico...

Não sou qualquer certinha, não sou um esteriótipo de garota perfeita pra namorar. Eu sei viver.E sei que quando gostam de mim é pelo que eu sou e não por um modelo fútil de suas próprias idéias e princípios.

Não sou qualquer amiga de todos, nem sou adorada por unanimidade. As pessoas têm o direito de não gostar do meu jeito, mas às vezes gostam tanto que sentem inveja.
O meu amor eu guardo para os mais especiais.
Não sou qualquer politicamente correta.

Não sigo todas as regras da sociedade e as vezes ajo por impulso...Erro, admito, aprendo, ensino... Todos erram um dia: por descuido, inocência ou maldade.

As pessoas julgam... Eu julgo, mas só a mim. Não conheço ninguém tão bem a ponto de saber o que se passa em sua cabeça.

Não sou uma qualquer...tenho meus limites e respeito meus sentimentos. Não preciso de pessoas insignificantes para preencher um espaço vazio.

"Não namoro só pra ter alguém do lado, mas sim para estar do lado de alguém”.
Não sou qualquer ditador, abro exceções, perdôo aos outros e a mim."
Todos merecem uma segunda chance, mas nunca uma terceira!

Mudo de opinião, mas não de princípios!

Quem me encontrar daqui a 10 anos conseguirá me reconhecer.

Não sou qualquer imbecil...

Sei distinguir o certo do errado, embora às vezes a razão e o coração se dividam.





Nenhum comentário:

Postar um comentário