... Você pode me ver do jeito que quiser, eu não vou fazer esforço pra te contrariar, de tantas mil maneiras que eu posso ser, estou certa que uma delas vai te agradar...

Total de visualizações de página

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

“Não, não pense que é sempre bom, não sou a-toda-boa,
a toda alegre o tempo todo, a toda amorosa constantemente
Eu sou estranha, tenho gestos e pensamentos e
encanações e neuras e filosofias viajantes e temperamento
salgado e toda uma série de e’s que não consigo ajustar aqui,
agora, pra você, talvez por não saber ajustá-los nem pra mim.
Mas deixa isso tudo pra lá, eu e a minha estranhice,
estranheza, estranhagem, estranhamento, estranhação.
Estranha ação. É isso aí, sou cheia de estranhas ações.
Uma delas é tentar explicar o sentido de
uma coisa que nem sentido faz.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário